Consumo Consciente

Para muito além de um modismo, a gente acredita que a forma de consumir e utilizar produtos está se transformando. Pouco a pouco, a semente do consumo consciente tem florescido num número cada vez maior de jardins e quintais. E isso é algo a ser comemorado e cada vez mais promovido. Assim, aqui neste espaço queremos dividir com você alguns dos conceitos mais importantes que estão relacionados ao que se entende como Consumo Consciente.

Antes de qualquer passo a passo ou guia de comportamento, o mais importante é estar atento aos próprios atos e ao impacto que eles trazem pra você e para o mundo. Quando vivemos em sintonia com nossos valores, refletindo sobre quem somos e que marcas queremos deixar no mundo, quase sempre acabamos vivendo melhor e consumindo com muito mais consciência. 

O Instituto Akatu, que é referência no estudo desse tema no Brasil, elaborou uma lista com 12 princípios básicos do Consumo Consciente.

1. Planeje suas compras
Não seja impulsivo nas compras. A impulsividade é inimiga do consumo consciente. Planeje antecipadamente e, com isso, compre menos e melhor. 

2. Avalie os impactos de seu consumo
Leve em consideração o meio ambiente e a sociedade em suas escolhas de consumo. 

3. Consuma apenas o necessário
Reflita sobre suas reais necessidades e procure viver com menos.

4. Reutilize produtos e embalagens
Não compre outra vez o que você pode consertar, transformar e reutilizar. 

5. Separe seu lixo
Recicle e contribua para a economia de recursos naturais, a redução da degradação ambiental e a geração de empregos. 

6. Use crédito conscientemente
Pense bem se o que você vai comprar a crédito não pode esperar e esteja certo de que poderá pagar as prestações. 

7. Conheça e valorize as práticas de responsabilidade social das empresas
Em suas escolhas de consumo, não olhe apenas preço e qualidade do produto. Valorize as empresas em função de sua responsabilidade para com os funcionários, a sociedade e o meio ambiente.

8. Não compre produtos piratas ou contrabandeados
Compre sempre do comércio legalizado e, dessa forma, contribua para gerar empregos estáveis e para combater o crime organizado e a violência. 

9. Contribua para a melhoria de produtos e serviços
Adote uma postura ativa. Envie às empresas sugestões e críticas construtivas sobre seus produtos e serviços.

10. Divulgue o consumo consciente
Seja um militante da causa: sensibilize outros consumidores e dissemine informações, valores e práticas do consumo consciente. Monte grupos para mobilizar seus familiares, amigos e pessoas mais próximas.

11. Cobre dos políticos
Exija de partidos, candidatos e governantes propostas e ações que viabilizem e aprofundem a prática de consumo consciente.

12. Reflita sobre seus valores
Avalie constantemente os princípios que guiam suas escolhas e seus hábitos de consumo. Planeje suas compras.

(Lista retirada do “Conheça os 12 princípios do consumo consciente” - Instituto Akatu e site www.akatu.org.br)

Bem vindo ao Universo do Aroma!
Ganhe 10% de desconto em sua primeira compra!
Assine a nossa newsletter e seja o primeiro a receber promoções e descontos.